Os melhores piores dias

Vou te contar uma coisa, esses podem ser os piores 3/7 dias da vida de um homem. Mas comigo e a minha pequena conseguem ser tanto os piores como os melhores.
São os piores porque ela sente tanta dor que eu acabo sofrendo junto com ela, odeio vê-la sofrer e também porque sou privado de muita coisa nesse período, mais especificamente, do corpo dela. Mal posso respirar ao lado dela sem permissão. Chega a ser engraçado pois nesse período eu não sei o que dá nela que fica ainda mais bela, sua manha e birra ficam ainda mais adoráveis. E não posso esquecer da minha parte favorita, ela fica com um fogo mais um fogo que só sendo cabra macho de verdade pra se segurar, até porque ambos concordamos que não seria nada higiênico.
São os melhores porque tenho que protegê-la até mesmo dela mesma, fica tão louca que é impossível não se render a sua loucura. Menina linda, que posso acompanhar de perto todas as suas fases. São os melhores porque em um minuto não posso toca-lá e no outro ela quer que eu a segure mais forte do que se é humanamente possível. São os melhores porque ela come tão apaixonadamente e não liga para os quilos que vai receber a mais com isso. Para a minha segurança sempre estou com chocolates e pacotes de Fini debaixo da manga.
Ela é tão viva e não se deixa levar por esses “maus dias” por muito tempo. Ela é linda, livre, leve e muito solta. São nesses melhores piores dias que percebo que o melhor não é estar dentro dela mas sim, estar ao lado dela.
LETICIALEAL-TIPOBILHETE
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s