Se as desculpas são constantes e a humilhação virou amiga do amor, é hora de dizer adeus.

O peso do desinteresse alheio multiplicado por nossas expectativas causam mais ilusões que um show do Houdini. Se as desculpas são constantes e a humilhação virou amiga do amor, é hora de dizer adeus. Pare de empurrar para debaixo do tapete toda essa sujeira que já ofuscou até mesmo os teus sonhos mais brilhantes. Não tente se sabotar dizendo que é só uma fase e … Continuar lendo Se as desculpas são constantes e a humilhação virou amiga do amor, é hora de dizer adeus.

Meu coração não possui GPS

Meu coração não é GPS, ele não calculou toda essa distância antes de decidir amar você. Se fosse simples, eu infringiria todas a regras da matemática e transformaria esses quilômetros em todos os abraços que quero te dar, e faria uma regra de três pra te apresentar os meus três interesses: te fazer feliz, te fazer sorrir e te fazer livre. Antes eu não entendia … Continuar lendo Meu coração não possui GPS

Eu não te pertenço, e esse é o teu maior castigo.

Não há necessidade de vingança. Eu não te pertenço, e esse é o teu maior castigo. Não sou de reparar, mas vejo você tropeçando em cada esquina da vida. Quebrando corações e copos durante suas noitadas. E em cada esquina que vira, revira o estômago daqueles que ainda acreditam no amor. Talvez você não estivesse preparado para conhecer alguém como eu e repito: você não … Continuar lendo Eu não te pertenço, e esse é o teu maior castigo.

Sobre o peso de ser grande

Há um grande peso em mim. Não existem mais apoios. Nós sofremos por antecedência. Não há mais beleza. A realeza caiu. Não há mais cor. O vendedor faliu. Não há mais tato. Acabou-se o saco. Não há. Há pedaços e restos de pessoas explodidas. Há pedaços e restos de pessoas explodidas. Há pedaços e restos de pessoas cansadas. Há pedaços e restos de rostos esmagados. … Continuar lendo Sobre o peso de ser grande

O amor e sua imensidão poética

Na grande maioria das vezes, é difícil falar sobre o amor. Eu sinto muito o amor, mas eu não sei como escrevê-lo. Lembro quando pensava com tamanha intensidade na tristeza. O amor também pode virar uma lembrança triste, pense sobre isto. O amor ainda é a resposta de tudo e para tudo. E eu poderia passar tempos falando a mesma coisa com palavras diferentes. O … Continuar lendo O amor e sua imensidão poética

Parafraseando: “10 Coisas que Odeio em você.”

Eu odeio quando você chega sorrindo  Que faz-me lembrar de tudo o que sinto  Eu odeio a forma como meu coração dispara ao te ver E odeio pensar no quanto quero te ter  Eu odeio quando solta borboletas em meu estômago  E odeio querer ver-te de novo  Eu odeio a forma como me olha antes de me beijar  E odeio quando para, apenas para me … Continuar lendo Parafraseando: “10 Coisas que Odeio em você.”